Condições favoráveis para o crescimento do seu blog
Nós usamos muito tempo para entender o que faz um blog gerar público e dinheiro online, e nós empacotamos isso em uma solução que é fácil para você usar.

 

 

Em tempos de Tinder, uma analise sobre relacionamentos amorosos e tecnologia

 

A tecnologia está presente em todas as áreas de nossas vidas: saúde, trabalho, entretenimento, relacionamentos sociais e claro, nossos relacionamentos amorosos. Será que já paramos para pensar o quanto ela pode ser positiva ou negativa para a construção e manutenção dessas relações?

As sociólogas Ulrich Beck e Elisabeth Beck, definiram muito bem o status do amor, em tempos de tecnologia tornando nossas relações online.

Elisabeth Beck publicou no livro “Was kommt nach der Familie?” que: quando o amor finalmente vence, ele tem que enfrentar toda sorte de derrotas.

A explicação vem da seguinte lógica:

  • A ampliação das liberdades sociais hoje implica que as pessoas têm um escopo maior do que nunca para moldar sua própria vida;
  • Elas anseiam por estabilidade e relacionamentos emocionalmente satisfatórios…
  • … mas as mudanças sociais enfraqueceram os estereótipos de gênero e levaram a um conflito de interesses entre o amor e a liberdade
  • As unidades familiares agora são mais frágeis, e a separação, o divórcio e o ato de casar de novo são mais comuns;

O amor nunca foi um sentimento que pode ser dito em alguma época da humanidade como “simples”, mas nunca ele se tornou tão complexo e distinto em tempos de conteúdo descartável  e experiencias digitais substituindo experiencias físicas.

No documentário abaixo o diretor Lance Bangs registra diferentes pontos de vista sobre o “amor em tempos modernos” (caso a legenda não apareça automaticamente, clique no ícone legendas do player do YouTube):

E para complementar, uma divertida palestra da Amy Webb sobre algorítimos de sites de relacionamentos:

Amy Webb não tinha sorte com sites de relacionamentos. Quem a interessava não respondia suas mensagens. O seu perfil só atraía pessoas questionáveis (ou pior). Assim como faria qualquer entusiasta por dados e matemática, ela desenvolveu uma planilha. Veja a história de como ela conseguiu decifrar o sistema de namoro online — com frustrações, divertimento e resultados que transformaram a sua vida.

Se você chegou até aqui, podemos destacar dos últimos dois vídeos, aspectos “positivos” da tecnologia influenciando comportamentos de pessoas nas suas relações afetivas. Entretanto, essa mesma tecnologia pode ser usada de forma a matar pessoas, as vezes no literal.

“Em 1998”, Monica Lewinsky, “foi a ‘paciente zero’ na perda da reputação pessoal quase instantaneamente, numa escala global”. Hoje, o tipo de humilhação pública online vivida por ela tornou-se uma constante. Em uma palestra corajosa, ela fala da “cultura da humilhação”, na qual a vergonha online equivale a dinheiro, e clama por um caminho diferente.

E para você? O que é e como funciona a relação entre amor e tecnologia?

Para fechar o texto, uma cena cada vez mais rara de se vivenciar retirada do excelente “Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças”:

 

Comentários:

Uma resposta para “Em tempos de Tinder, uma analise sobre relacionamentos amorosos e tecnologia”

  1. hahaha já conheci muita gente legal no tinder rs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

2017 - HelpBlog, todos os direitos reservados | Projeto desenvolvido e mantido por Diogenes Junior

Nosso site é seguro e protegido contra roubo de informações: